Gravadoras MusikCity gravadoras parceria Gravação masterização letristas arranjos musicais registro de musica novos talentos parada de sucessos radialistas radios tvs cantores e bandas videos flash back turismo cidades


MusikCity

visitantes do site
de 1997 a 2017
Profissionais de Rádio e TV
ver
10.433

Loading the player...
AGUARDE 1 MINUTO
APERTE PLAY E LIGUE O SOM DO PLAYER. Se não tocar no IExplorer, ouça no Chrome ou Firefox.
  novos talentos


CLÁUDIA LINDNER

Musica sendo ouvida: "O Que É o Amor" em parceria com Hugo Bellard. (Mpb) - canta Claudia Lindner
Cláudia Lindner
De origem humilde, Cláudia Lindner nasceu em Uberaba mas morou grande parte de sua vida em Uberlândia, Minas Gerais.
Mas o trabalho na área de Sistemas/TI a trouxe para o estado de Santa Catarina.
Atualmente mora em Blumenau.
Sua história com a música começou muito cedo: desde criança ela ouvia seus pais cantarem e acabava por cantar com eles.
Assim, sua primeira apresentação pública aconteceu ainda com 8 anos de idade na Escola Municipal Ladico Vieira, em Vicentinópolis, Goiás.

Cláudia conta:

"-Minha professora me ouviu cantando em casa e me convidou para cantar em um evento da escola.
Fui muito aplaudida no final da música e saí correndo de vergonha... rs rs."


Já na adolescência Cláudia participava do grupo de canto da Igreja católica, bem como participava de festivais musicais na Escola Juvenília Ferreira dos Santos, em Uberlândia.

Quando foi morar em Chapecó para implantar sistemas na empresa Chapecó Alimentos, começou a cantar em bares e festas em dupla com o namorado que era músico.

Cláudia prossegue:

"-Eu sempre gostei mais de cantar MPB e Rock Nacional, como por exemplo Kid Abelha, Marisa Monte, Adriana Calcanhoto, Marina, Ana Carolina, Cássia Éller e Rita Lee dentre outros.

Já morando em Blumenau, durante a pós graduação de Logística Empresarial e Qualidade Total, conheci um componente da ex banda Sambasul e resolvemos criar uma nova banda: a Banda Bem Brasil - Blumenau.
Para nós era um hobby, pois todos tínhamos outra profissão...
Mas, tocamos por alguns anos em eventos, casamentos, bailes, bares e danceterias.
Nesta época eu passei pelas águas na Igreja Batista e comecei a cantar na igreja.

Algum tempo depois, minha mãe (Maria das Graças de Sousa) que também havia se convertido há mais tempo e é muito abençoada, começou a compor músicas gospel.
O mais interessante é que ela não conhecia nada de música, não sabia tocar nenhum instrumento, mas Deus "dava" a música completa para ela (letra e melodia).

Ela nos contava que acordava à noite com a música na cabeça e escrevia para não esquecer.

Para facilitar, eu dei um gravador portátil para ela gravar, pois lembrar da melodia era o mais difícil já que ela escreveu mais de 60 músicas.

Então, decidimos gravar um CD Gospel e foi maravilhoso fazer este trabalho! Nunca me senti tão bem...

Mas, nesta época, eu estava trabalhando na implantação de um projeto ERP mundial e não tinha tempo para ensaios. Isto é, não ficou como nós gostaríamos.

Em 02/2016, após ser demitida da empresa que trabalhava, resolvi retomar este projeto e fazer algo com qualidade, pois a minha intenção e de minha mãe, é levar a palavra de Deus ao maior número de pessoas possível, através da música.
Pois, acreditamos que é isto que Deus quer de nós, pois me deu o dom de cantar e deu as músicas de presente para minha mãe.

Espero que este sonho se realize e que muitas pessoas possam ser tocadas por estas músicas.

Amém!


Gravadoras e Produtores Musicais | Divulgação para gravadoras e novelas | Letristas e Compositores em Parceria


COMENTÁRIO
O que me motivou no trabalho musical da Cláudia, foi a levada MPB que não vejo presente no meio musical Gospel.
Parece que todos estão mais preocupados em cantar a todo pulmão e copiar ritmos populares da parada secular.
Cláudia resgata aquele modo mais íntimo de cantar que marcou nossa música. em que um violão e voz já são suficiente para transmitir uma mensagem numa roda de amigos.
Para isso, as músicas de sua mãe Maria das Graças de Sousa são perfeitas para alcançar este objetivo.

Gostei tanto da suavidade de sua voz que acabei compondo uma música com ela: "Fortaleça", que está sendo ouvida, ainda faltando gravar o coro.

Algumas das músicas dela são estilo pop, resgatando o estilo Kid Abelha entre outros, mas com conteúdo Gospel.

Embora a produção do demo, como a própria Cláudia diz, tenha sido não definitiva, tenho certeza que com a produção mais requintada será um trabalho diferenciado para ser lançado por qualquer gravadora gospel de ponta.
Será também uma opção a mais para radios evangélicas, que assim também terão um trabalho Gospel Mpb para levarem ao ar.
O timbre vocal da Cláudia Lindner é ótimo para isso, porque é bonito e transmite calma e paz.
Aí está um produto interessante para ser finalizado e lançado.
Ótimas músicas também.



Parceria Musical  Estúdio



 

QUEM SÃO OS PRODUTORES MUSICAIS?
COMO ENVIAR SUAS MÚSICAS AOS
CANTORES e SUAS GRAVADORAS?

produtores musicais do Brasil
Você sabia que são os produtores que escolhem as músicas em conjunto com os cantores?

Saiba aqui


Paulo Massadas
O letrista e compositor Paulo Massadas teve sua primeira música gravada em uma oportunidade dada por Hugo Bellard na gravadora RCA (Sony).
A música foi "Uma Noite na Discoteca" em parceria com Sérgio Herval.

A partir daí o letrista ficou conhecido no meio das gravadoras, e não parou mais.
Atualmente Paulo Massadas é um dos autores que mais recebem direitos milionários do Ecade, graças às dezenas de discos de ouro e platina em que suas letras apareceram, como por exemplo em todos os discos da Xuxa dentre muitos.

Novidades Entretenimento

Sandy - Quando eu Era Vivo
A trilha do filme "Quando Eu Era Vivo" de 2014 com a Sandy possui música produzida e composta por Hugo Bellard. (foto à esquerda)
Jorge Ben Jor
Com arranjos de Hugo Bellard, o album "Tábuas das Esmeraldas" de Jorge Ben Jor foi eleito pela revista inglesa Rolling Stones como um dos 6 melhores álbuns gravados no Brasil em todos os tempos.



Novelas da Globo

Hugo Bellard Universal Music
Na foto o maestro Hugo Bellard regendo seu arranjo do Disco de Platina "Sonhos",
nos estúdios da UNIVERSAL MUSIC - POLYGRAM, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.
Roupa Nova
Foi Hugo Bellard quem apresentou Serginho à BMG (RCA), e conseguiu produzir seu disco lá. Convidou alguns musicos do Roupa para a gravação. E Serginho acabou entrando no grupo.